Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

As eleições, Cuba e o bloqueio de cada um

As eleições terminaram com a vitória da Dilma Rousseff sobre o candidato tucano, a vitória mais apertada de todos os tempos. Mais do que méritos do projetos do PT, desgastado depois de 12 anos de poder, foi uma vitória sobre um frágil opositor que não tinha programas e projetos para fazer avançar o Brasil. Uma eleição que contou com uma terceira via de fato depositando mais de 20 milhões de votos em Marina (PSB), mas que começou com o Eduardo Campos, neto do emblemático Miguel Arraes eleito em 1962 com apoio dos comunistas. Morto em acidente aéreo que comoveu o mundo, Eduardo Campos governou Pernambuco e saiu com os mais altos índices de aprovação.




                                                        Fonte: Editora Três

A vitória de Dilma somada a dos governadores Fernando Pimentel e Rui Costa (PT); Waldez Góes (PDT); Flávio Dino (PC do B) e Paulo Câmara (PSB)  fazem com que tenhamos mais esperanças de incremento da solidariedade com a América Bolivariana.


                                                        Fonte: G1

O governo da Dilma promoveu avanços importantes em relação aos seus antecessores. Melhorou a governança, democratizou acesso a saúde e educação, avançou nos intercâmbios com países socialistas e aprofundou reformas. Cabe destacar o projeto Mais Médicos nos moldes como é feito no mundo todo, aprovado pela Organização Mundial de Saúde, considerado referência na questão da Ebola. No entanto, é imprescindível que o governo aprofunde nos avanços numa educação de qualidade e igual para todos; na reforma política; no enfrentamento ao grande capital etc. Esses fatores estão bloqueando a plena democracia.




Reconhecimentos como da OMS e da UNESCO explicam o resultado do julgamento da ONU sobre o Bloqueio Econômico promovido pelos "estados unidos da u.s.a - EUUSA.". O resultado mostrou simplesmente o mundo contra os EUUSA e Israel. 


                                                        Fonte: Telesur TV
O placar foi simplesmente 188 votos a favor contra dois!! E três abstenções. Agora temos que entender porque a mídia dá tanta notícia da Ucrânia e esquece de dar destaque a uma importante resolução da ONU!! Isso é o que chamamos de Bloqueio Midiático. Esse crime não é contra Cuba, é contra a humanidade. 



Para ver o placar e as vozes de apoio a Cuba tecle aqui.
Para ver o placar dos últimos 23 anos veja aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário